Top Social

Image Slider

O futuro já começou

27 de março de 2012
Encontrei-me em 2012 num lugar estranho mas tão comum nos dias que correm: na recta final da corrida dos 20 anos e sem emprego. Com experiência profissional suficiente para que as minhas candidaturas não sejam consideradas em determinadas empresas (nomeadamente as muitas que estão a privilegiar os estágios profissionais do IEFP), mas aquém daquela que me permitiria (quem sabe) receber um convite para um “emprego de sonho”, as perspectivas de voltar a trabalhar nos tempos mais próximos são quase nulas.

Não deixo de tentar, é certo; simplesmente não consigo acreditar nessa hipótese. É natural, creio. Assistimos impotentes à criação de condições para o despedimento facilitado, ao encerramento de empresas, a despedimentos colectivos, ao crescimento do número de inscritos no Centro de Emprego. As revistas estão a fechar, os jornais a dispensar, se me quiser centrar na “minha área”, o jornalismo. Mas, afinal, que interessam as áreas de formação hoje em dia?