Top Social

Image Slider

O cabelo e a cidade

11 de novembro de 2015

A Sofia queimou a franja numa vela que o amigo que a acolhera na sua casa em Nova Iorque tinha acesa no lavatório. E, de pronto, assaltou-a uma desconfiança (depois de umas quantas mais situações chatas, é certo): "esta cidade está a expulsar-me".

Eu já fui a três cabeleireiros em Madrid, que não me conseguiram devolver a melena clara e brilhante que passeava quando pisei pela primeira vez esta calçada que não é portuguesa. Muitas outras coisas esmoreceram desde que estou aqui, de facto. Tornei-me algo desconfiada, cética quanto às boas intenções das pessoas, difícil de deixar levar, com pouca fé no amor. O que raio fizeste comigo, Madrid?