Top Social

Tudo sobre as minhas mamas #1: Bra fitting

15 de março de 2016

Notas que o soutien sobe nas costas? Até com o soutien posto, sentes que o peito fica caído? As mamas saem das copas? Ficam espaços entre o soutien e o peito? As alças deixam marcas nos ombros? Ou caem com frequência?

Quando a resposta a pelo menos uma destas perguntas da Dama de Copas é sim, está na altura de ir a uma consulta de bra fitting: não estamos a usar o número ou modelo de soutien certo para as nossas "meninas". E não estamos sozinhas nisto: a loja estima que mais de 90% (!!) das mulheres não usa o soutien adequado, o que pode provocar não só desconforto mas também lesões, flacidez e descaimento.

Já há algum tempo que eu sabia que fazia parte dessa estatística e que queria ir à Dama de Copas experimentar duas dúzias de soutiens com a assessoria de uma bra fitter experiente. Nunca cheguei a fazê-lo em Lisboa (a marca está em Portugal desde 2009) mas agora, depois de ver vários artigos sobre o tema em revistas e blogs, fui pesquisar mais e descobri que há uma loja aqui em Madrid. Como estava a precisar de um soutien de desporto como manda a lei, decidi-me a ir até Goya tratar do assunto. Chega de desleixos com a lingerie! Chega de pôr as maminhas em trabalhos! Gosto demasiado delas para não lhes dar o todo o apoio necessário, nos bons e nos maus momentos.


A loja de Madrid.

Ao pôr o pé na Dama de Copas, sentimo-nos de imediato a entrar em território feminino: lingerie bonita e para todas as ocasiões, um cheiro bom no ar, mobília vintage, paredes decoradas com imagens de atrizes da Era de Ouro do cinema. Mas o melhor é mesmo a atenção das colaboradoras, que se apressam a oferecer ajuda e a apresentar o conceito. Se dúvidas houvesse, ficamos logo com a certeza de que não estamos numa loja de lingerie qualquer. Aqui o serviço de aconselhamento é obrigatório e, como estamos a falar de maminhas, é importante essa sensação de proximidade, confiança e cuidado. Oferecerem um café também ajuda!

A prova

Como comentei antes, já sabia (ou desconfiava) que andava a usar os tamanhos errados. E, mesmo tendo levado o meu soutien mais "jeitosinho" (o mais recente e que assenta melhor), não escapei às críticas. A tira que envolve o tronco, com o fecho atrás, é o que realmente dá sustentação ao peito - e no meu caso não estava suficientemente justa, e nem havia sequer um colchete a mais que o permitisse. Além disso, a copa não cobria toda a mama de lado e, à frente, sobrava um pouco. As alças menos mal, cumpriam minimamente a regra: convém que estejam apertadas mas não a marcar o ombro, pelo que devemos conseguir pôr dois dedos por baixo das mesmas.

Depois desta análise rápida, a menina saiu do provador e voltou com uns 15 pares de soutiens diferentes para eu experimentar, sempre com ajuda. Não ficamos sozinhas no provador, até porque há um código de "how to put on a bra" (já lá vamos). Estava à espera de ser medida com fita métrica, mas não foi o caso. A prova começou com um número que eu tinha como referência, e depois foi à base de experimentar e experimentar, tanto copas (que podem ir da A ao K) como números de costas distintos (do 28 ao 46). Com certeza tirarão medidas em caso de necessidade.

Quanto aos tamanhos, o que disse a Ana Garcia Martins (A Pipoca Mais Doce) num post sobre esta mesma loja não pode ser mais acertado. "Não imaginam a quantidade de mulheres que têm um peito abonado que acham que são um 36 ou 38 copa B e que (...) descobrem que afinal vestem muito menos de costas e muito mais de copa." Eu também achava que vestia um número de costas acima, combinado com copa B (muitas vezes, a única copa disponibilizada pelas lojas convencionais), mas afinal o número de costas era menor e o da copa maior. Bom saber!

E o que também é muito bom, e que para mim funcionou como um bónus nesta visita à Dama de Copas, é perceber quais os modelos que jogam melhor com as maminhas que a puberdade e as suas hormonas nos deram. Aprendi o que é um soutien balconnet, full cup, half cup, plunge, sweetheart... e quais devo levar sempre comigo junto ao peito, como um relicário com a foto do esposo.

Oh diabo, e agora vestir?

Perfeito, já sei qual é o meu número e quais os modelos que me ficam melhor. Agora só falta tirar um curso para saber vestir o soutien corretamente sem a ajuda da miúda simpática da loja. Ok, estou a exagerar mas... desengane-se quem pensa que é fechar à frente, fazer depois o soutien deslizar até que o fecho fique para trás e aí então vestir a parte das copas e das as alças! Segundo a Dama de Copas, o soutien veste-se em quatro passos:

1 - Pôr
Colocar o peito nas copas e fechar os colchetes já posicionados no seu sítio - as costas. Portanto, a ginástica começa aqui. Devemos fazê-lo assim porque ao girar sem dó nem piedade o soutien sempre que o vestimos estamos a fazer-lhe muito mal. E o que queremos é que ele dure muito. Comecemos a praticar.

2 - Ajustar
Da seguinte forma: enquanto se segura com uma mão o aro externo do soutien, com a outra recolhe-se todo o peito desde a axila ao centro.

3 - Adaptar
Ao mesmo tempo que sustemos os aros pela base, movemos o soutien para cima até que o peito encaixe por completo nas copas. Eu adorei esta parte!

4 - Rever
Comprovar que as alças estão sobre a clavícula e não sobre o músculo do ombro e verificar que se podem introduzir dois dedos entre as alças e o ombro.


Como estas, a Dama de Copas dá muitas outras dicas. Há uma maneira certa de usar, lavar e dar descanso ao soutien. Também é bom recordar que se devem ir fazendo "bra check-ups" para reavaliar o nosso tamanho de soutien - porque se alterou o peso, medidas, ou simplesmente porque já passaram mais de seis meses desde as últimas provas.

Além do serviço de bra fitting geral, a loja conta com bra fitting de praia, noiva, mamã, estética (para mulheres que se submeteram a uma cirurgia de aumento ou redução de peito), rosa (para quem lutou contra o cancro da mama) e shape (peças modeladoras e adelgaçantes). Adapta-se assim às mais variadas necessidades e momentos da vida, personalizando ao máximo. Há mesmo um soutien "cara-metade" para cada uma de nós! Deixem que a Dama de Copas descubra o vosso porque, oiçam, se há informações valiosas no mundo esta é uma delas.


Dama de Copas

Lisboa: Rua de Santa Justa, 87 (perto do Elevador de Santa Justa).
Porto: Rua de Sá da Bandeira, 373 (em frente à entrada lateral do Mercado do Bolhão).
Madrid: Calle Goya, 64 (junto à saída do metro de Goya, C. Gra. Díaz Porlier).

Consulta os horários e contactos de cada loja.
Comentar
Enviar um comentário